quinta-feira, 25 de outubro de 2018

10º Seminário do GPLV tem etapa em Corumbá


10º SEMINÁRIO DO GPLV
LITERATURA ::: INTERFACES
CPAN / UFMS

O 10º Seminário do GPLV acontecerá em duas etapas: a primeira, de 7 a 10 de novembro, em Três Lagoas, MS, e a segunda, de 12 a 14 de novembro, em Corumbá, MS.
Nas duas etapas teremos conferências, comunicações, debate de projetos e de pesquisas em andamento, mesas-redondas, palestras e minicursos.
Eis a programação de Corumbá.


Dia 12/11 – 7h00 – Sala H-108
Coordenador: Prof. Dr. Rauer Ribeiro Rodrigues

7h – Conferência de Abertura:
Literatura e Filosofia: o caso de Fernando Pessoa, pela Profa. Dra. Carina Marques Duarte (CPAN / UFMS)

8h - Debate de pesquisas e de projetos em andamento:
1.     Letramento literário: processo de seleção dos livros literários e didáticos do Ensino Fundamental, projeto para pleitear ingresso no Mestrado, de Mariana da Silva Santos – Debatedora: Profa. Dra. Márcia Sambugari;
2.     Asco e desejo em  um conto  de Alciene Ribeiro, TCC de Gislene Rocha – Debatedora: Profa. Doutoranda Maisa Barbosa da Silva Cordeiro;
3.     Análise e possibilidades para contação de histórias em dois contos de Ricardo Azevedo (Do ler ao contar – dois projetos do Grupo Boca'berta), por Chrislayne Gonçalves de Paula e Suellen A. Mendoza – Debatedora: Profa. Dra. Márcia Sambugari;
4.     Intertextualidade erótica na poesia feminina: os “Cânticos de Salomão” nos “Salmos Amorosos” de Regine Limaverde, TCC de Elisangela Cerqueira Mota - Debatedora: Profa. Doutoranda Maisa Barbosa da Silva Cordeiro;
5.     A geografia em um romance de Alciene Ribeiro, TFC de especialização do Curso de Especialização Interdisciplinar do CPAN por Cibele Prado – Debatedor: Doutorando Osmar Casagrande;
6.     O erotismo de Via sacra do amor, poema de Regine Limaverde, TCC de Paulo Giovani Moreira de Jesus - Debatedora: Doutoranda Maisa Barbosa da Silva Cordeiro.
Carga horária: 5 horas


Dia 12/11 – 13h30 – Sala H-108
Minicurso: Erotismo na literatura de autoria feminina contemporânea: leituras feministas
Ministrante: Profa. Doutoranda Maisa Barbosa da Silva Cordeiro
Carga horária: 4 horas


Dia 13/11 – Sala H-108 - Palestras
Mesa 1 – Coordenação: Maisa Barbosa da Silva Cordeiro
13h00 – Luciene Lemos dos Santos: Literatura e Pedagogia de Projetos: A importância da literatura em sala de aula;
14h00 – Osmar Casagrande: Literatura e Escrita Feminina: A bússola afetiva em “Quintais”, de Adriana Lisboa.

15h00 – Debate e em seguida intervalo

Mesa 2 – Coordenação: Osmar Casagrande
15h20 – Felipe Dartangan Maropo: Literatura e Migração: Escritoras brasileiras do final do século XX.
16h20 –Mariana da Silva Santos: Literatura e Multimodalidade: uma leitura do poema “Escrínio”, de Manoel de Barros.
17h10 – Debate.
Carga horária: 4,5 horas


Dia 13/11 – Sala H-108 – Debate de projetos de doutorado:
Coordenador: Prof. Dr. Rauer Ribeiro Rodrigues

18h30 – A escrita feminina no exílio, de Felipe Dartangan Maropo, Projeto de Pesquisa de Doutorado - Debatedor: Profa. Me. Luciene Lemos de Campos;

19h20 - Pré-banca de Qualificação do relatório de pesquisa de doutorado de Maisa Barbosa da Silva Cordeiro, com a Tese Mulheres Protagonistas na Literatura Juvenil Brasileira dos Anos 1980 – Debatedores: Prof. Dr. Alfredo Ricardo Silva Lopes e Profa. Dra. Carina Marques Duarte;

21h10 – Formas espaciais nos romances de Adriana Lisboa, de Osmar Casagrande, Relato de Pesquisa de Doutorado - Debatedor: Profa. Dra. Nathalia Monsseff Junqueira.

22h20 – Considerações finais pelo Coordenador da Mesa.
Carga horária: 4 horas


Dia 14/11 – Sala H-108 – Palestras
Mesa 3 – Coordenação: Osmar Casagrande
13h00 – Wellington Furtado Ramos: Literatura e Psicanálise: Pulsão de morte e a estilística da repetição na literatura brasileira contemporânea;
14h00 – Maisa Barbosa da Silva Cordeiro: Literatura e Gênero: Violência simbólica na literatura juvenil: uma análise de O mágico de olho verde, de Alciene Ribeiro;
15h00 – Debate

15h30 - Intervalo

Mesa 4 – Coordenação: Maisa Barbosa da Silva Cordeiro
15h40 - Alfredo Ricardo Silva Lopes: Literatura e História: Contos Históricos em sala de aula.

16h40 – Jéssica Silva: Literatura e Memória: A representação do espaço urbano nas Memórias Inventadas de Manoel de Barros.

17h00 - Nathalia Soares Fontes: Literatura e Ensino: O ensino de Literatura na BNCC - uma análise sobre o lugar dos clássicos.

17h20 – Debate.
17h30 – Encerramento do evento, pelo líder do GPLV.

Carga horária: 4,5 horas

Carga horária total do evento: 23 horas.


https://10seminariodogplv.blogspot.com/ 

sábado, 20 de outubro de 2018

Resiliência. Persistência. Constância.

https://10seminariodogplv.blogspot.com/


E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?
e agora, você?
      "José", Drummond, 1942
O 10º Seminário do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida configura resiliência, persistência e empenhos raros em um país, o Brasil, no qual o efêmero, a descontinuidade e o catastrofismo são matéria cotidiana que entranha na alma das coisas e das pessoas.
Ocorre o evento, cuja primeira dezena ensejaria os maiores festejos, no entanto, em quadra de mudança que tem preocupado a universidade. De há muito os recursos minguam e o noticiário avança que novos cortes orçamentários virão. Tal perspectiva tinge o horizonte de angústia, a angústia de que o futuro de um país só se constrói com investimento na educação e na pesquisa  e mais uma vez parece que jogamos não só mais uma década fora, mas descartamos o bebê e ficamos com a água suja do banho.
Em 1942, com o Estado Novo e com a Guerra Mundial, Carlos Drummond de Andrade questionava: “E agora, José?”
Para o poeta, o tempo era de fim da utopia, de mofo, de portas fechadas, de riso que não veio, era tempo de febre, gula e jejum, de mar que secou, de desejo de morte, de ausência de rumos, de falta de perspectivas, de impossibilidades, de homens partidos, de mãos que não se davam, de fezes, de tédio, de nojo, de ódio, de náusea.
Mas é também o tempo em que uma flor fura o asfalto: embora feia, desbotada, contrapondo-se na sua fragilidade à autoridade policialesca, é, na sua insegurança, uma forma que se avoluma e vence o seu sombrio contexto.
Assim fazemos esse 10º Seminário do GPLV, pois é do estrume que nasce a rosa, é no lodo que floresce o lírio  e é na adversidade que emergem os grandes, vencendo choro e ranger de dentes, superando a corrida de obstáculos dos 400 metros multiplicados pelos 42 quilômetros de uma maratona.
E o fazemos desdobrado em três frentes: no PPG-Letras da UFMS, no Câmpus de Três Lagoas, em parceria com o PROFLETRAS, também do CPTL, na Escola Estadual JOMAP, também em Três Lagoas, e no Câmpus do Pantanal, em Corumbá. Desse modo, articulamos a pesquisa, o ensino e a extensão, com a participação de professores da rede pública, de alunos da graduação, de formandos debatendo seus TCCs, de mestrandos e de doutorandos apresentando seus projetos e suas pesquisas, assim como professores convidados debatendo projetos e pesquisas, ministrando minicursos e proferindo palestras.
A programação completa pode ser conferida na aba específica acima.
Nesse tempo de angústia e náusea, em que nos perguntamos “E agora, José?”, vale a resiliência, a persistência, a constância, o desejo de realizar sempre, cada vez mais, cada vez de modo melhor. É com esse espírito que já deixamos o convite para que  após participar deste evento  se prepare para estar conosco no 11º Seminário do GPLV: mantendo uma tradição dos eventos do Grupo, de ser itinerante em parceria com outras instituições, nosso 11º Seminário será nos dias 2 e 3 de maio de 2019 na UFF – Universidade Federal Fluminense, em Niterói.
Em breve, mais detalhes serão divulgados em nossos blogs (veja links nesta página).
Por agora, com nossos agradecimentos por sua participação, vamos ao 10º Seminário!!!
Cordial abraço.
                                          Prof. Rauer             
                                           Líder do GPLV

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO DO GPLV



 CONVOCAÇÃO


Ficam convocados os integrantes do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, GPLV, e convidados os demais interessados, para reunião do GPLV, no dia 17 de agosto, sexta-feira, no Câmpus 1 da UFMS de Três Lagoas, das 14:30h às 16:30h, para discutirem e deliberarem sobre a seguinte pauta:
1.     Informes;
2.   Organização do 10º Seminário do GPLV.
3.   Expediente.

Três Lagoas, 15 de agosto de 2018.
Rauer Ribeiro Rodrigues/Líder do GPLV
Eunice Prudenciano de Souza/Co-Líder do GPLV

terça-feira, 12 de junho de 2018

GPLV realiza 10º Seminário em novembro

Corumbá sedia, no segundo semestre deste ano, o 10º Seminário do GPLV. Será nos dias 5, 6 e 7 de novembro (ajuste seu calendário: na primeira informação do evento o Seminário seria em outubro), no Câmpus 1 da UFMS e no Anfiteatro Salomão Baruki (ao lado do Câmpus 2).
Preside a Comissão Organizadora do evento a Profa. Eunice Prudenciano de Souza, sendo secretária a doutoranda Natália Tano Portela.
Nos seminários do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, que é itinerante é já ocorreu em Ituiutaba, MG, Três Lagoas, MS, Aquidauana, MS, e retorna agora a Corumbá, ocorrem palestras, mesas-redondas, comunicações, debate de pesquisas em andamento e debate de projetos a serem desenvolvidos.
Mais informações serão divulgadas em breve pela Comissão Organizadora.

sábado, 19 de maio de 2018

CONVOCAÇÃO



Ficam convocados os integrantes do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, GPLV, e convidados os demais interessados, para reunião do GPLV, no dia 25 de maio, sexta-feira, no Câmpus 1 da UFMS de Três Lagoas, das 16:30h às 18:30h, para discutirem e deliberarem sobre a seguinte pauta:

1.     Informes;
2.   Replanejamento do 10º Seminário do GPLV.
3.   Expediente.



Três Lagoas, 19 de maio de 2018.
Rauer Ribeiro Rodrigues/Líder do GPLV
Eunice Prudenciano de Souza/Co-Líder do GPLV

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

10º Seminário do GPLV será em outubro em Corumbá

            O 10º Seminário do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, GPLV, acontecerá nos dia 8, 9 e 10 de outubro de 2018, em Corumbá, no Câmpus do Pantanal da UFMS. Haverá, como sempre, debate de pesquisas em andamento, debate de projetos de pesquisa, sessões de comunicações, mesas-redondas, palestras.

           Normalmente, o GPLV realiza dois seminários a cada no, um no primeiro semestre e outro no segundo semestre. No entanto, agora, no marco da décima edição, o Grupo deliberou realizar somente um evento, com as pompas decorrentes do número redondo.

          Os seminários anteriores foram realizados em Três Lagoas, onde, no PPG-Letras Mestrado e Doutorado / Estudos Literários da UFMS, o GPLV tem sua base, em Ituiutaba, Minas Gerais, em eventos com foco na obra do escritor Luiz Vilela, em Aquidauana e em Corumbá.

          Também no espírito dos eventos anteriores, o mote e denominação do evento ressaltam linha de força que permeia as pesquisas do Grupo, mas não impedem que trabalhos de outra matriz ou tema sejam apresentados e debatido.

           Em mais alguns dias, aqui mesmo, publicaremos novas  informações e detalhes deste 10º Seminário do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Enedir defende tese sobre escrita feminina

              A doutoranda Enedir da Silva dos Santos defende na sexta-feira 23 de fevereiro a tese Erotismo como resistência: as narrrativas de Marin a Colasanti, Márcia Denser e Maria Amélia Mello nos anos finais da ditadura militar. A pesquisa foi orientada pela Profa. Dra. Kelcilene Grácia-Rodrigues. A banca terá como arguidores os Profs. Drs. Antonio Rodrigues Belon (UFMS), Ana Lúcia Espíndola (UFMS), Paulo Bungart Neto (UFGD) e José Antonio de Souza (UEMS), com presidência do Prof. Rauer, líder do GPLV, em virtude de afastamento para pós-doutorado da Profa. Kelcilene.

            Partindo de vozes discordantes no âmbito da literatura feminina brasileira do final dos anos 1970 e início dos anso 1980, Enedir vê o tema do erotismo como ferramenta de resistência e de engajamento que constrói sentidos, na obra das autoras estudadas, "de empoderamento que resulta em novas representações da mulher".

            A banca terá início às 14h na Sala de Defesas do PPG-Letras no Câmpus 1 da UFMS de Três Lagoas e é aberta a todos os interessados.